A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), abriu a sessão desta quarta-feira anunciando que o julgamento do habeas corpus preventivo pedido pela defesa do ex-presidente Lula será julgado nesta quinta-feira no plenário da corte.

O anúncio vem horas depois de o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) marcar para a próxima segunda-feira o julgamento dos embargos de declaração impetrados pela defesa do petista em relação à condenação em segunda-instância do caso do apartamento triplex.

Informações do Jornal Estado de Minas