“The Last Czars” é o novo projeto que a Netflix pretende investir, mas Amazon também tem seu projeto

A nova aposta da Netflix agora é na série chamada “The Last Czars”, que retrata a Revolução Russa e a queda da família imperial russa dos Romanov.

Tal informação foi divulgada pelo Deadline, um canal de notícias direto de Hollywood, que também adiantou de que a ideia da produção será misturar o estilo documental com reconstituições para retratar os erros cometidos pelo Czar Nicolau II e o surgimento da Revolução Russa. Coincidentemente, a notícia da série surge durante o centenário da Revolução Russa que culminou na morte de toda a família imperial Romanov pelas tropas bolcheviques em julho de 1918.

Família Imperial Romanov:

  • Nicolau II (Czar)
  • Alexandra (esposa)
  • Olga, Tatiana, Maria, Anastácia e Alexei (filhos)

Como sabemos, a família Romanov sempre foi foco de grande interesse, devido principalmente ao mito da possível sobrevivência de Anastácia Nikolaevna, a jovem herdeira que faleceu com apenas 17 anos.

A história da família já inspirou vários filmes, como é o caso de “Anastacia” de 1956, protagonizado pela atriz Ingrid Bergman, e também uma animação de mesmo nome de 1997.

A série deve estrear em 2018, marcando o centenário da morte do imperador e sua família.

No entanto, a Netflix não é a única plataforma interessada na história da família real russa. A Amazon também está desenvolvendo uma série sobre os Romanov, e tal produção está sendo desenvolvida por Matthew Weiner, criador de “Mad Men” e conta com nomes como os de Isabelle Huppert, Aaron Eckhart e Christina Hendricks no elenco. Quanto a série da Netflix não existem ainda previsões do elenco.