Policiais da Alemanha Oriental removem barbante de um muro enquanto, ao fundo, colegas aumentam a parede para 15 metros de altura na Bernauer Strasse, em Berlim, em foto de setembro de 1961
Edwin | Reichert/AP/Arquivo

 

Tapumes foram colocados para esconder o trabalho de tropas da Alemanha Oriental an construção do Muro de Berlim perto do Portão de Brandemburgo, em foto de novembro de 1961 | AP/Arquivo

 

Curva do Muro de Berlim nas proximidades do Portão de Brandemburgo é vista de cima do edifício do Reichstag em novembro de 1961 | E.Worth/AP/Arquivo

 

Do lado ocidental de Berlim, pessoas acenam para familiares que vivem do outro lado do muro, em foto de agosto de 1962 | Werner Kreusch/AP/Arquivo

 

Muro é visto na parte inferior próximo à Potsdamer Platz em Berlim, em foto de agosto de 1962 | Edwin Reichert/AP/Arquivo

 

Presidente dos EUA à época, John Kennedy observa o lado oriental de Berlim por cima do muro, de uma plataforma, em foto de junho de 1963 | AP/Arquivo

 

Crianças brincam ao lado do muro perto da Heinrich-Heine-Strasse em 1968, em Berlim | AP/Arquivo

 

O presidente dos EUA Richard Nixon sobe em plataforma para observar o lado comunista de Berlim por cima do muro, em foto de fevereiro de 1969. Atrás dele, o chanceler alemão Kurt Kiesinger | AP/Arquivo

 

Frase no Muro de Berlim em alemão exige: ‘O muro deve cair!’ perto da Bernauer Strasse, em foto de março de 1973 | AP/Arquivo

 

Crianças brincam em parquinho no distrito de Kreuzberg em Berlim, ao lado do muro, em foto de julho de 1981 | AP/Arquivo

 

Ponto de controle do muro conhecido como ‘Checkpoint Charlie’ é visto do alto em Berlim em agosto de 1985 | AP/Arquivo

Foto de arquivo de 9 de novembro de 1989 mostra cidadãos da Alemanha oriental e ocidental comemorando ao subir no muro de Berlim no Portão de Brandemburgo, após a abertura da fronteira da Alemanha Oriental ser anunciada em Berlim | Fabrizio Bensch/Arquivo/Reuters

 

Homem martela parte do Muro de Berlim, próximo ao Portão de Brandemburgo, após a abertura da fronteira da Alemanha Oriental ser anunciada em Berlim. Foto de 9 de novembro de 1989 | Fabrizio Bensch/Arquivo/Reuters

 

Festa após anúncio da derrubada do Muro de Berlim em 9 de novembro de 1989 | Herbert Knosowki/Reuters/Arquivo

 

Mulheres quebram parte do Muro de Berlim em frente ao Portão de Brandemburgo em foto de 9 de novembro de 1989 | Fabrizio Bensch/Arquivo/Reuters

 

Cidadãos da Alemanha Oriental escalam o muro de Berlim no Portão de Brandemburgo após a abertura da fronteira da Alemanha Oriental ser anunciada em Berlim. Foto de arquivo tirada em 9 de novembro de 1989 | Arquivo/Reuters

 

Cidadãos da Alemanha oriental e ocidental comemoram ao subir no Muro de Berlim no Portão de Brandemburgo, após a abertura da fronteira da Alemanha Oriental ser anunciada em Berlim. Foto de arquivo de 9 de novembro de 1989 | Fabrizio Bensch/Arquivo/Reuters

 

Moradores de Berlim celebram, um deles estourando uma garrafa de champagne, em frente a uma estação de controle em festa pela queda do muro, em 10 de novembro de 1989 | Jockel Finck/AP/Arquivo

 

Foto de 10 de novembro de 1989 mostra uma mulher da Alemanha oriental abraçando uma da parte ocidental enquanto um soldado da fronteira observa | Fabrizio Bensch/Arquivo/Reuters

Cidadãos de Berlim Ocidental acolhem os alemães orientais que passam no posto de fronteira Invalidenstrasse após a abertura da fronteira da Alemanha Oriental ser anunciada em Berlim, em foto de arquivo de 10 de novembro de 1989 | Fabrizio Bensch/Arquivo/Reuters

 

Foto de arquivo mostra cidadãos da Alemanha Ocidental ainda em vigília em cima do Muro de Berlim em frente ao Portão de Brandemburgo na manhã do dia seguinte à queda, em 10 de novembro de 1989 | Arquivo/Reuters

 

Carros Trabant, da Alemanha Oriental, passam por alemães que cruzaram a fronteira no antigo posto Rudolphstein, na Baviera, após a abertura da fronteira da Alemanha Oriental ser anunciada | Arquivo/Reuters

 

Centenas de guardas de fronteira da Alemanha Oriental ficam em cima do Muro de Berlim no Portão de Brandemburgo em frente a milhares de berlinenses ocidentais em Berlim, em foto de arquivo do dia 11 de novembro de 1989 | Arquivo/Reuters

 

Pedaço do Muro de Berlim é erguido por um guindaste da Alemanha Oriental em Potsdamer Platz, em foto de arquivo do dia 12 de novembro de 1989 | Pat Benic/Arquivo/Reuters

 

Um grande pedaço do Muro de Berlim é retirado por um guindaste, no início do processo de remoção perto do Portão de Brandemburgo, em Berlim, em foto de arquivo de 20 de fevereiro de 1990 | Arquivo/Reuters

 

Fotos tiradas em outubro de 2014 mostra antigas torres de controle do Muro de Berlim. No sentido horário começando pelo topo à esquerda: Alt-Treptow, Leipziger, Platz e Nieder Neuendorg | Fabrizio Bensch/Reuters

 

Um artista de rua canta próximo à maior parte remanescente do antigo Muro de Berlim, em 15 de outubro de 2014 | Fabrizio Bensch/Reuters

Casal de turistas tira foto em frente a uma pintura que mostra o ex-líder soviético Leonid Brezhnev beijando seu homólogo da Alemanha Oriental Erich Honecker na East Side Gallery, a maior parte remanescente do antigo Muro de Berlim, em novembro de 2014 | Fabrizio Bensch/Reuters

 

Uma placa onde se lê ’25 anos da queda do muro 2014′ é vista em frente à East Side Gallery, onde esta a maior parte remanescente do antigo muro de Belim, em novembro de 2014 | Fabrizio Bensch/Reuters

 

Pessoas caminham no East Side Gallery, onde se encontra a maior parte remanescente do antigo muro de Belim, em novembro de 2014 | Fabrizio Bensch/Reuters

 

Uma porta é vista no meio do muro no East Side Gallery, onde se encontra a maior parte remanescente do antigo muro de Belim, em novembro de 2014 | Fabrizio Bensch/Reuters

 

O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, toca parte do que sobrou do Muro de Berlim no Memorial do Muro, em visita à capital alemã em outobro de 2014 | Markus Schreiber/Pool/AP

 

O ex-presidente soviético Mikhail Gorbachev visita um antigo posto de travessia da fronteira no Muro de Berlim, na Alemanha, em 7 de novembro de 2014 | Hannibal Hanschke/Reuters

 

Ciclista passa por balões de instalação que celebra os 25 anos da queda do Muro de Berlim na capital alemã | Kay Nietfeld/DPA/AP

 

Homem passa correndo por fileira de balões ainda murchos da instalação artística ‘Lichtgrenze’ à beira do rio Spree em Berlim, na Alemanha | Kay Nietfeld/DPA/AP

 

Funcionário leva balão durante instalação do ‘Lichtgrenze’, projeto artístico que celebra os 25 anos da queda do Muro de Berlim na capital alemã | Kay Nietfeld/DPA/AP

 

Pessoas caminham pela East Side Gallery, em Berlim, que também recebe balões da instalação ‘Lichtgrenze’ para celebrar os 25 anos da queda do Muro de Berlim | Hannibal Hanschke/Reuters

 

De sexta-feira (7) até domingo (9), parte da capital alemã ficará dividida pela instalação ‘Lichtgrenze’ (‘Fronteira de Luz’ em alemão), composta por 8 mil balões luminosos para marcar os 25 anos da queda do muro | Hannibal Hanschke/Reuters

 

Pedestres observam série de balões brancos colocados ao longo de onde ficava o Muro de Berlim no Mauerpark, em comemoração aos 25 anos da queda da divisão. A instalação artística é intitulada de ‘Lichtgrenze’, ‘Fronteira de Luz’ em alemão | Pawel Kopczynski/Reuters